QUE A PAZ CHOVA NO MUNDO

SoniaNogueira

Arte e Emoção Caminhando

Meu Diário
05/12/2010 20h47
*PAPAI NOEL

                                                                    Papai Noel

Sábado dia 04 de dezembro fui ao North Shopping. Estava abarrotado de gente, de todas as idades, de todas as cores, de todas as alturas. Era um colorido de gente enriquecendo o colorido das luzes natalinas. Um vai e vem de pessoas comprando, passeando, rindo, merendando, preenchendo cupons para sorteios, brincando, correndo.

É. Tinha criança correndo naquela multidão, a mãe aflita chamando, acalmando. Estava afobada, a criança, por não ganhar o brinquedo que os olhos gostou, mas o bolso da mãe não aprovou nenhum pouco.

Andei muito e não cansei, porém ao enfrentar a fila para comprar sorvete, as pernas reclamaram.

Ei sinhá menina não aguento mais. Meus pezinhos estão afobados de tanto doer.Tem um acento não?

- Qual nada pezinhos, acalmem-se, há outra fila para receber e nenhum lugarzinho para sentar. Os raros bancos estavam todos ocupados. Mas de repente, não mais que de repente, um cantinho apertado da pessoa que levantou.

Terminei o sorvete fui preencher o formulário para concorrer a uma casa e um telão.

- Vixe menina tu acredita em sorteio deste tipo/

- Há, uma amiga!. Abraços e beijos, uma palavra rápida. Eu não, mas nada custa preencher, e ainda escrevi em baixo. Vai-te com Deus.

Depois encontrei o Daniel, um jovem que escreve crônica muito bem. Conheci-o num curso de Crônicas que fizemos no Centro Cultural do BNB. Vai publicar suas crônicas e prometi não faltar ao lançamento.

Outra fila de crianças e mães para tirar foto com o Papai Noel. Umas iam de bom grado, outras com a mãe, algumas não aceitavam por medo chorando horrores.

Nunca tirei foto com Papai Noel. No meu interior nem se falava no velhinho. Senti vontade de bater uma foto, mas temi entregar a máquina a alguém e adeus foto e máquina.

 Mas, bati pelo celular a foto acima.

 Sonia nogueira

   

 


Publicado por Sonia Nogueira em 05/12/2010 às 20h47
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
29/11/2010 12h21
*LIVRO ÉROTICO


  
             Livro Erótico

         Fui ao lançamento do livro da Joyce Cavalccante jornalista cearense que reside em São Paulo. Fundadora e presidente da REBRE, Rede de Escritoras Brasileiras da qual faço parte. O lançamento foi aqui em Fortaleza, dia 24 de novembro no Ideal Clube, situado na orla marítima. Local extenso com belas praias que encanta os olhos enamorados pela natureza.

O título do livro “Longos trechos de dias líquidos”, tem como pano de fundo o mar descrevendo contos eróticos, hora de maneira discreta, hora mostrando a vida com a força das emoções, oculta no olhar, gestos, desejos, afoitamento, hibernado em cada ser.

A criatividade poética se aloja na palavra confundindo realidade com ficção e se alarga em cada conto de maneira inesperada e natural, como a vida é. A subjetividade presente na primeira pessoa ou na terceira outra, que revela no cotidiano os personagens carentes de afeto e moção, em cada cantinho oculto deste planeta terra. 

Sonia Nogueira

http://www.rebra.org/escritora/escritora_ptbr.php?id=1697

Youtube do lançamento do livro

http://www.youtube.com/watch?v=2Btsdg0g4PI


Publicado por Sonia Nogueira em 29/11/2010 às 12h21
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
13/11/2010 12h14
*UM NOME
            
                                                                     Campus da UNIFOR

   Um Nome

Um nome, uma data, um símbolo, um desenho, uma frase registra um fato, marca uma história. Ontem, antes de iniciar a aula de desenho em tela, no SESC, ficamos conversando de maneira aleatória, não sei por qual motivo, surgiu o acidente com o Boeing da VASP em junho de 1982, na serra da Aratanha em Pacatuba, Fortaleza Ceará.

O avião chocou-se contra os morros, e nenhum sobrevivente. No acidente encontrava-se 137 passageiros e nele o Edson Queiroz, cearense de Cascavel, residente em Fortaleza, empresário com vários empreendimentos financeiros: GLP, sistema de gás; água mineral; mineração; eletrodomésticos; agroindústrias; comunicação de rádio, TV filiada e rede Globo; e da UNIFOR a universidade mais cara de Fortaleza. Recebeu medalhas pelo mérito industrial.

Estava conosco um senhor, aluno de desenho comentando sua presença no lamentável acidente, no ano de 1982, pois era bombeiro. Nenhum corpo identificado, apenas pedaços dispersos por todos os lados.

Uma mão foi encontrada e nela a aliança com um nome “Yolanda” e mulher de Edson Queiroz, que ainda controla o grupo juntamente com os filhos. A pessoa que encontrou a mão foi agraciada com uma bolsa de estudo na UNIFOR e formou-se advogado.

Não tivesse a aliança o registro do nome, nenhum pedaço deste grande empreendedor financeiro teria restado, para identificar um corpo que existiu e como todos da criação Divina, se reduzem no pó, sina natural dos humanos.

 Até hoje existem questões sobre o porquê da queda. Era estranha a possibilidade de falha na indicação dos instrumentos, pelo fato do 727-200 ter possuído os melhores equipamentos da época. Certas pessoas alegam que o voo controlado foi induzido propositalmente pelo comandante da aeronave, que supostamente estaria com uma dívida grande, de 4 milhões de cruzeiros, e com dificuldades na vida pessoal, além de voar, por mês, níveis bem próximos ao limite de 85 horas mensais imposto. (Wikipédia)

 “Se algum dia vocês forem surpreendidos pela injustiça ou pela ingratidão, não deixem de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho” (Edson Queiroz)

 Sonia Nogueira



Publicado por Sonia Nogueira em 13/11/2010 às 12h14
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
08/11/2010 11h52
*EXPERIMENTE MUDAR
               


                                    Experimente Mudar 


         Este foi o tema apresentado pelo Escritor cearense que reside em Recife, Domingos Pascoal de Melo.

Experimente dizer com mais frequência: obrigado, desculpe, com licença, por favor. Experimente falar num tom mais baixo e mais suave.

Lembre-se de que às vezes somos odiados ou amados de acordo com o tom da voz que empregamos. Experimente sorrir. Experimente ouvir. Experimente, dê mais atenção, ouça mais e melhor e, sobretudo, dê respostas audíveis, entendíveis.

Experimente ser mais honesto. Experimente amar. Experimente entender erros, fraquezas e defeitos, seus e principalmente dos outros. (texto do autor, no livro Experimente Mudar)

Ainda temos neste planeta casais que sobrevivem as enxurradas da vida, atravessam a ponte e sustentam uma vida familiar convivendo 46 anos. Bonito não é?

É assim este escritor que veio fazer a palestra na ACE, Associação Cearense de Escritores, em Fortaleza, da qual sou membro, dia 30/10/2010. Tranquilidade e segurança nas ideias. Amigo, cavalheiro, digno, honesto, incentivando e mostrando que palavras e ações é a mola mestra para um convívio familiar e social.

 Não basta muito é só querer e executar, quando a nós compete ter e viver uma vida pautada em valores que ainda não morreram, numa sociedade consumista de poder, egoísmo, inveja e liberdade em excesso.

Com o livro “Experimente Mudar”, o autor cita exemplos e soluções simples para uma convivência tranquila. Exemplo familiar é base de uma educação equilibrada e duradora. A sociedade recebe membros vindos dos lares e com eles forma a família maior, a nação.

 
Sonia Nogueira


Publicado por Sonia Nogueira em 08/11/2010 às 11h52
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
06/11/2010 16h34
*MÃE PRESENTE
 
No dia 27 de outubro participamos da missa de sétimo dia da genitora do
escritor João Bosco, na igreja de Fátima em Fortaleza. A saudade da família
foi relembrada nas orações de fé, partilhada com os amigos.

Pela Divina providência toda a aceitação da vinda cá na terra e
da ida para outra dimensão, impossível a nossa humilde
compreensão e alcance.

Mãe Presente

Mãe é bênção, presente do Senhor,
Dom da criação, representante do Pai Amor.

Mãe é flor Divina, presente genial,
Jardim que ilumina, representante
do Pai Celestial.

Mãe é mulher escolhida, presente maravilhoso,
Remédio que cura a ferida, representante
do Pai poderoso.

Mãe é fonte iluminada, presente com seu manto,
Luz da filha amada, representante
do Espírito Santo.

Mãe é Maria, apresente no altar,
Estrela guia, representante de Jeová.

Mãe é Mãe
Mãe que padece no paraíso,
Filho que morreu na cruz,
Dá a vida se for preciso.

Mãe é sentimento profundo,
Mãe é noite em claro sem dormir,
Mãe é energia do mundo,
Mãe é o verbo persistir.

Mãe é poesia filial, Mãe é verso no
papel desliza, Mãe é rima astral,
Mãe é também poesia.

Mãe produto garantido,
Mãe produto sem defeito de criação,
Mãe produto criador do filho querido,
Mãe produto com manual de instrução.

Mãe que é tudo na vida,
Mãe que é a própria vida,
Mãe que dá a vida,
Mãe que embeleza a vida

João Bosco, filho


















Publicado por Sonia Nogueira em 06/11/2010 às 16h34
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Página 6 de 16 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
SONHO É MAGIA DA ALMA